terça-feira, 28 de julho de 2015

Solidariedade...

Meu momento de gratidão pela amiga Laura Lee Vida,​ que pouco antes de sairmos para a marcha da Mulher Negra, me envia uma mensagem perguntando se eu queria que ela levasse o banquinho. 

Sim, aceito com muita gratidão :)

E a caminhada da vida vai se tornando um pouco mais suave quando nos damos as mãos...

Marcha da Mulher Negra: eu e a EM comparecemos!

Nesse último domingo, dia 26 de Julho, eu participei da Pré-Marcha da Mulher Negra em Copacabana mas agora escrevo pela ótica de uma portadora de esclerose múltipla. 

Entrei na roda de Jongo e na roda de samba, sem medo e sem vergonha por não ter condições de realizar uma boa performance, sem medo de cair, segui a rota da marcha, com algumas paradas estratégicas para descansar e driblar a tontura.

No final do dia eu me sentia cansada mas muito muito feliz pela conquista e refleti sobre quantas vezes eu tive forças, coordenação motora e mais disposição e não aproveitei as oportunidades... é preciso olhar para dentro de nós, quantas coisas podemos evitar, precisamos curar as feridas... hoje meus mantras são "o passado passou, não se pode mudar", "foco no aqui e agora, viva, tenha fé, acredite", "coragem"... agradeço por hoje sentir disposição para viver a vida, disposição para cuidar de mim, para compartilhar... e minhas forças são renovadas a cada dia...

#autoconhecimento #autoperdão #curainterior #superação #gratidão

nota: gratidão pela solidariedade da colega Laura Lee Vida, militante de uma importante campanha de prevenção do vírus HTLV, que levou um banquinho para meus momentos de descanso :)

Série: memória afetiva

Cachorro-quente que era vendido nas Lojas Americanas, que molho era aquele?! Espetacular, cheiroso, delicioso. Era uma alegria quando minha mãe podia comprar, era uma tortura passar na porta da loja, sentir o cheiro e não poder comprar :(

Pré-marcha das Mulheres Negras: eu fui!

No dia 25 de Julho é celebrado o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, celebramos esse dia com a Pré Marcha das Mulheres Negras em Copacabana.

Precisamos de uma data como essa, ainda precisamos marchar para falar de violência contra a mulher negra, contra o corpo da mulher negra, falar de desigualdade, preconceito, racismo. "a nossa luta é todo dia, mulher negra não é mercadoria"

Saiba mais sobre a marcha que acontecerá em Brasília, Novembro de 2015.





Série: memória afetiva


Aquela doce lembrança de meus irmãos e eu, em formato linha de produção, ajudando minha mãe a preparar os sacos de doces de São Cosme e Damião... 

 ‪#‎memóriaafetiva‬ ‪#‎docelembrança‬ ‪#‎cultura ‬‪#‎vivaSãoCosmeeSãoDamião‬ ‪#‎gratidão‬