quinta-feira, 22 de junho de 2017

À família Carvalho Vargas, minha gratidão ;)

Ah... a magia dos encontros... esse encontro entre Fabiana e eu (ou será reencontro?...) se deu nos anos 80 ou terá sido bem antes?... nessa caminhada imortal da vida, que é o que acredito... ;) Vamos lá, tudo começou quando nos conhecemos na 5* série do colégio Cetecon e, logo em seguida, também nos esbarramos no curso de inglês, Fisk. 

Ali começou nossa amizade que seguiu para o colégio Filgueiras quando comecei a frequentar sua casa, para fazer trabalhos, junto com os outros colegas do nosso grupo. Era o final dos anos 80, a casa da Fabiana era grande, tinha uma empregada que nos fazia um delicioso lanche, ambos pais trabalhavam fora, sua casa também tinha um belo terraço e um super aparelho de som do seu pai com discos maravilhosos. Sim, era muito bom fazer os encontros na sua casa 😊 e também era muito bom conversar com sua mãe, Dona Ligia, professora de História.


Seguimos juntas para a Crisma, quando Fabiana me convidou para fazer o curso na Santíssima Trindade, na época paróquia do doce Dom Galper, (hoje de volta ao plano espiritual), quando o natural seria eu fazer na matriz Nossa Senhora da Conceição. A nossa cerimônia foi especial pois todas as paróquias de Nilópolis juntaram-se e crismaram seus jovens na presença do então Bispo Dom Adriano (essa foi sua última celebração de Crisma antes de mudar de Diocese) junto de todos os padres das paróquias de Nilópolis. Linda cerimônia na linda igreja de Nossa Senhora da Aparecida, ainda com seu antigo altar lateral.


Nessa linda cerimônia também reencontrei minha amiga de infância, a Vivi, com quem iniciei meus estudos lá no Maternal e voltamos a nos reencontrar no segundo grau. Sim, essa era a nomenclatura da época 😊.


E o registro dessa linda cerimônia, que me emociona até hoje, embora não mais professe a fé católica, eu devo ao pai da Fabiana, Seu Celso, que filmou tudo, numa época em que era difícil ter uma máquina de fotografia, quem dirá a de filmagem. Sim, ele gravou e dedicou uns minutos para focar também a mim e a minha madrinha de crisma, a querida Mira, que havia acabado de retornar dos EUA onde havia trabalhado durante alguns anos. E depois ainda me presenteou com uma cópia da fita ☺ Crisma Fabiana e Juciara.








A partir daquele momento nossos caminhos foram se apartando mas nunca perdemos contato. Algumas poucas vezes encontrei seu irmão Fabrício na fila da van na antiga Praça Mauá voltando do trabalho.


Fabiana casou e gerou um filho, Pedro, ruivinho como ela, sua cópia, sua versão masculina 😊

(Agora eu inicio o real motivo dessa crônica 😊
E, num certo dia de Março de 2017, ela me escreve dizendo que Pedro tem um trabalho escolar que precisa "falar sobre uma pessoa desconhecida que tem grande importância na sociedade", e que ela havia sugerido a minha pessoa para o tema do trabalho 😮 Pergunta se eu permitiria, respondo que sim mas que pensava não ter muito com que contribuir... Fabiana então me explica que ele falará sobre meu trabalho na conscientização da identidade da mulher negra... ok vejamos se eu posso ajudar...


Passam os dias e Fabiana me escreve dizendo que Pedro está surpreso "com tanta coisa que eu fiz", ainda perguntou se realmente ela é minha amiga, pois eu pareço uma artista 😀 e que ficou encantado com tanta informação. 

E nesse momento faltou pouco para eu chorar, na verdade devo confessar que os olhos encheram de lágrimas... respirei fundo, li novamente as palavras da minha amiga e de seu filho e olhei para a estrada que trilhei até aqui... me emocionei ao ver minha vida pelos olhos desse pequeno jovem!


E mais uma vez me vejo grata à família Carvalho Vargas, agora na figura de Pedro, a segunda geração que, mesmo sem saber, me ajudou a reconhecer, nesse momento nublado da minha vida, embora haja dias de sol, o que já trilhei até o momento e, sem saber, me ajudou a renovar meu compromisso comigo e a novamente rogar a Deus que renove minhas forças, do corpo e da alma, a cada dia, para que eu possa seguir trilhando, agora um novo caminho que já se apresenta, com energia, vitalidade, ânimo, dedicação, saúde, força e amor. Há de ser igualmente muito bom para mim e para os demais. 

Vamos seguir trabalhando, servindo, compartilhando 💚💚🌻

E a nota do trabalho de Pedro foi 9,0! Parabéns!! Não me surpreende em nada, sendo ele filho e neto de pessoas muito inteligentes.

Ao jovem Pedro Vargas Duarte, minha gratidão por esse presente e meu sincero desejo de muita luz, harmonia, saúde, sucesso e prosperidade em sua vida.


Honre seu DNA com sentimento de gratidão, dedicação, muito estudo e trabalho, dedicando à sociedade o seu melhor.


Que seja a Luz a guiar seus passos e que possa sempre envolvê-lo de muitos presentes doces, coloridos, boas experiências de vida.


Seja feliz 💚💚


P.S: e sempre que eu passo por aquela rua sem saída, aos pés da famosa Estrada dos Expedicionários, embora saiba que Fabiana já não mora ali, eu lembro das tardes em que dançávamos e lanchávamos em seu terraço, e também tentávamos estudar um pouquinho 😄 #gratidão

"E que a finalidade na amizade seja o amadurecimento do espírito"

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Eu, portadora de esclerose múltipla - parte II

E lá se vão 3 anos de diagnóstico... em 2014, eu escrevi sobre o fato de ter descoberto a condição de ser portadora de EM, 2013. 3 anos... fora o tempo que eu fui assintomática...

E como estou hoje? Bem, muito bem, apesar de tudo, graças a Deus.

"Conhecendo e desconhecendo pessoas" (fazendo uso das palavras que li de uma jovem em tratamento de câncer de mama), dentro e fora da família... mas ao mesmo tempo, estou num processo de amadurecimento emocional ao qual sou muito grata.


Ao longo desses três anos, muitas coisas legais têm acontecido, outras nem tão legais mas tudo é aprendizado. Enfim, passei meu aniversário de 40 anos na Holanda, um mês inteiro no Outono da Europa (toquei a água gelada do Mar do Norte, Torre Eiffeel, Catedral de Notre Dame, Basílica Sacre Couer, Rio Sena, conheci a cidade onde nasceu Rembrandt, reencontrei amigos queridos, fiz novas amizades, passei 3 dias em Paris), visitei a Região dos Lagos pela primeira vez 😲 (Arraial do Cabo), participei recentemente do projeto Poesia Segunda Pele, de Camila Senna, onde expus minha beleza afro e enfeitei a dor com a cor (vermelho vida), o que me faz lembrar que marquei presença na exposição de Frida Khalo. Mudei de medicação, e também de médico, finalmente resolvi iniciar a terapia, e quantas descobertas... algumas incomodam mas se faz necessário para então buscar o equilíbrio. Como resolver um problema se não assumirmos, ou aceitarmos, que ele existe?

 

Processo de amadurecimento e auto-conhecimento também passa pela Nutrição (Dieta do Tipo Sanguineo) e passei a comer mamão, chicória, beber água de coco, beber água com gás, tentando parar de consumir glúten... sigo me exercitando com Pilates e atualmente também faço Hidroginástica. Florais, acupuntura, homeopatia, também seguem no pacote, e sou muito muito grata. Leitura, muita leitura, reflexões, até estou ouvindo Bethoven, eu que nunca curti música clássica :)

 


Pequenos mimos, pequenas grandes mudanças que têm feito muita diferença, têm me fortalecido, renovado minhas forças... hoje me percebo mais comprometida comigo mesma, me nutrindo, me presenteando sem esperar que venha de fora, estou aprendendo a me presentear, a partir do momento em que eu me amo e me respeito, essas expressões também se fazem presentes na parte externa da minha vida, e os presentes chegam :) Encontros harmoniosos, novas conexões, cores passam a colorir a vida.

 

Muita gratidão por cada pessoa, ferramenta, terapia, que cruzam meu caminho da cura. Cada sorriso que compartilham comigo, cada abraço sincero e carinhoso, cada torcida, cada oração que dedicam a mim... sou grata, louvo a Deus por suas vidas, também oro por vocês.

Uma bela forma de agradecer?: passo adiante!

#douosmilagresquetenhorecebido, agradeço a Deus pelas oportunidades de cuidar também. A vida é uma eterna troca, sejamos diferentes do Mar Morto que apenas recebe!
Vamos compartilhar, vamos amar!

Perdoar, afinal eu também faço m***, pedir perdão e perdoar, e assim soltar as muitas bagagens pesadas!

Mais uma vez fica claro para mim: se não fosse por essa situação, eu não estaria trilhando essa caminhada, caminhada que percebo ser tão importante e necessária... gratidão por esse despertar, ainda que tenha sido através desse puxão de orelha!

Agradeço a Deus,  aos amigos do Plano Espiritual, agradeço aos profissionais de saúde que me acompanham, aos amigos que colorem minha vida, agradeço a minha família, até mesmo por alguns momentos delicados, pois esses me ajudaram a buscar um maior entendimento, e buscar o equilíbrio e a cura emocional. Agradeço pela harmonia familiar que estamos construindo hoje. Agradeço por estarem presentes em minha vida, por cada gesto de solidariedade.

 






#gratidão #autoconhecimento #curadaalma #curainterior #chegadeautosabotagem #recomeçar




 
Melhor do que desejar ter muitas bençãos, é ser uma benção...
(autor desconhecido)


terça-feira, 28 de julho de 2015

Solidariedade...

Meu momento de gratidão pela amiga Laura Lee Vida,​ que pouco antes de sairmos para a marcha da Mulher Negra, me envia uma mensagem perguntando se eu queria que ela levasse o banquinho. 

Sim, aceito com muita gratidão :)

E a caminhada da vida vai se tornando um pouco mais suave quando nos damos as mãos...